Take a fresh look at your lifestyle.

20 razões de por que doar é melhor que receber

0

Doar é um ato de amor! Paulo cita Jesus em Atos: “Mais bem-aventurado é dar do que receber” (Atos 20:35). Se pressionados, geralmente acreditamos – ou pensamos que sim.

Nós lutamos para acreditar que dar é melhor do que receber, e por que não o faríamos? Adquirir e acumular faz parte de nossa natureza quebrada. Contudo, amamos a segurança de ter coisas. Somos uma cultura descartável viciada no impulso emocional de comprar algo novo.




E quanto às formas não econômicas de dar? Nós realmente acreditamos que dar atenção, encorajamento e elogios é melhor do que receber?

1. Doando é como Deus demonstra seu amor por nós

João 3:16 é um dos versículos mais conhecidos de todos os tempos. Diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu único Filho, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.

Na própria presença de Jesus, Deus demonstra que Ele é amor – e o amor dá. Se realmente quisermos ser como Jesus, daremos.

2. Doar te faz feliz

Existem muitos estudos sobre o nível de felicidade das pessoas que doam dinheiro para instituições de caridade ou oferecem seu tempo. Em geral, esses estudos sempre parecem apontar para a felicidade das pessoas que doam.

Foi descoberto em uma pesquisa de 2002 pelo National Opinion Research Center’s General Social Survey que 43% das pessoas que doaram sangue duas ou três vezes por ano eram muito felizes, em oposição aos 29% que não o faziam.

O e-book gratuito, Comece com generosidade , tem sido um excelente recurso para outras pessoas que desejam aprender mais sobre como Deus aborda a generosidade. Essas histórias da vida real são escritas por e para pessoas como você, e é incrível ver o que Deus faz por meio delas.

3. Doar comunica algo importante sobre nossa visão do mundo

O Salmo 50:10 diz: “Porque meu é todo animal da floresta, o gado de mil colinas.” Isso revela lindamente a soberania de Deus e Sua propriedade final sobre todos os recursos.

Nosso acúmulo comunica a crença de que não há muito o que fazer e, se não conseguirmos, outra pessoa o fará. Não há espaço para a fé de que Deus é capaz de nos suprir com o que precisamos.

4. O ato de doar é a maneira como Deus abençoa os outros

Quando Deus estava falando com Abrão sobre a criação de uma nação que seria sua, o objetivo era sempre ser uma bênção para os outros. Ele diz a Abrão: “E farei de ti uma grande nação, e te abençoarei e engrandecerei o teu nome, para que seja uma bênção” (Gn 12: 2).

Deus não costuma largar Sua providência do céu. Ele nos abençoa para que possamos abençoar outras pessoas.

5. Ser um doador nos ajuda a viver mais

A revista Health Psychology publicou um estudo em 2012 que descobriu que as pessoas que fazem trabalho voluntário regularmente vivem mais. Mas havia um problema – tinha que ser por motivos altruístas.




Se você se voluntariou por qualquer motivo além da alegria de dar, não teve os mesmos benefícios de saúde a longo prazo.

6. Fazer caridade com alegria deixa Deus mais feliz

Paulo explica isso para nós: “Deus ama o que dá com alegria” (2 Cor. 8: 1). Isso é bastante autoexplicativo. Quando damos uma expressão alegre, isso encanta nosso Criador.

7. Ser um doador aumenta nossa conexão social

Faz sentido que, quando damos aos outros, eles se sintam mais próximos de nós. Contudo, o que podemos não perceber, é que dar aos outros também nos faz sentir mais próximos deles.

Em seu livro, The How of Happiness, Sonja Lyubormirsky escreve: “Ser gentil e generoso leva você a perceber os outros de forma mais positiva e caridosa, e isso promove um senso elevado de interdependência e cooperação em sua comunidade social”.

8. Doar é um ato de obediência

Embora Deus não queira que doemos por compulsão (2Co 9: 7), Ele deseja que demos. Na verdade, Jesus nos encoraja a dar a todos que nos pedem (Lc 6:30). Essa é uma declaração bastante séria.

9. É contagioso

A ideia de “pagar adiante” não é um mito. É um fato. Quando as pessoas experimentam uma bondade generosa, ficam mais aptas a tratar os outros com o mesmo tipo de benevolência.

Em um estudo combinado entre a Universidade da Califórnia, San Diego e Harvard, foi encontrada a primeira evidência laboratorial que mostrou como o comportamento cooperativo é contagioso. Ele se espalha pelas redes sociais.

10. Doar-se ao próximo dá sentido à vida

Frequentemente, há uma desconexão entre quem pensamos ou dizemos que somos e quem realmente somos. Agora, muitas pessoas diriam que não são egoístas, mas ainda tomam decisões com base no que é melhor para elas.

Só quando você realmente se torna generoso é que pode dizer que dar é importante para você. Entretanto, depois de fazer isso, você descobrirá que isso começa a defini-lo mais profundamente do que você pensava ser possível.

11. Vencendo a depressão doando

Um aspecto que contribui para os ciclos de depressão é a sensação de isolamento. Contudo, estudos têm mostrado que o voluntariado e doação aos outros ajuda a combater o ódio contra si mesmo.

12. Doar coloca Deus em dívida conosco

No livro de Mateus, Jesus nos diz: “E quem der a um destes pequeninos até mesmo um copo de água fria, porque é discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá a sua recompensa” (Mt 10:42). O fato de que Deus está controlando os copos de água dados em Seu nome deve ser muito motivador.

O escritor de Provérbios diz isso em uma linguagem ainda mais enfática: “Quem é generoso com os pobres empresta ao Senhor, e ele o recompensará pelo seu feito” (Pv 19:17). Deus está em dívida com você. Pense nisso por um segundo.

13. Aumenta nossa confiança

Um elemento crítico para uma autoimagem pobre é o foco constante em nós mesmos e em nosso estado de ser. A preocupação consigo mesmo gera uma falsa auto compreensão. Portanto, doar ajuda a mover nosso foco para longe de nós e para os outros.

É ótimo ter um forte senso de autoconsciência, mas essa voz interior pode ser uma força constante para críticas e negatividade. Ser generoso não apenas muda onde estamos colocando os holofotes, mas ajuda a dar ao nosso cérebro um argumento positivo sobre por que não somos tão maus.

14. Doar cria confiança

Quando você dá presentes a outras pessoas, está confiante de que eles usarão o presente com responsabilidade. Se você é como eu, já ouviu muitas pessoas dizerem: “Não posso dar um presente para essa pessoa, eles vão apenas desperdiçá-lo [preencha o espaço em branco]”.

Portanto, construir uma história de generosidade oferece muitas histórias em que as pessoas agiram com responsabilidade. Pessoas generosas geralmente são otimistas.

15. Ser generoso faz você ouvir de forma diferente

Pessoas generosas tendem a ouvir as histórias das pessoas com a pergunta: “Existe uma maneira de eu ajudar?” Quanto mais dão, mais ouvem uma necessidade ou pedido por trás da história de alguém.

16. Faz você olhar para seus recursos de forma diferente

Quanto mais as pessoas dão, mais elas começam a ver todos os seus recursos como oportunidades em potencial.

Quando começarem a se esforçar para ser mais altruístas, geralmente pensarão em termos de dinheiro. Contudo, à medida que são capturados por um espírito de benevolência, eles começam a ver coisas como tempo, atenção, elogio e o benefício da dúvida como ferramentas de generosidade.

17. Nos gera contentamento

A Escritura diz que os olhos do homem nunca ficam satisfeitos (Pv 27:20). Essa necessidade de acumular mais e mais é completamente real.




As pessoas que são picadas pelo inseto da generosidade começam a ver seus próprios pertences de maneira diferente. Ver e responder às necessidades dos outros ajuda a criar uma sensação de paz em seu próprio desejo de aquisição.

18. Promove um bem universal

Um estudo da Universidade da Pensilvânia usou uma variação de um construto comum da teoria dos jogos para provar que o comportamento cooperativo não é apenas encorajado em um grande grupo, mas compensa para todos.

19. Ajuda-nos a criar relacionamentos duradouros

Um relatório de 2011 do National Marriage Project descobriu que atos regulares de generosidade em nome dos cônjuges criam uma harmonia que serve ao relacionamento a longo prazo. Entretanto, estamos falando de pequenos atos de gentileza, como ir buscar uma xícara de café ou oferecer uma massagem nas costas.

20. Generosidade gera generosidade

Sejamos honestos: quando você é uma pessoa genuinamente generosa, as pessoas o consideram confiável e gentil – desde que pareça genuíno e filantrópico. Se parecer forçado ou manipulador, todas as apostas estão canceladas.

É a coisa certa a fazer

Em última análise, esta lista é sobre como você pode se beneficiar de doar. Em algum nível, tudo bem. Quando Jesus diz: “É melhor dar do que receber”, Ele não está fazendo uma declaração sobre o benefício.

Precisamos nos tornar pessoas generosas porque é a coisa certa a fazer, não porque vamos nos beneficiar. Mas com certeza é bom saber que, quando o fizermos, vamos sair um pouco disso.

Facilite as doações para sua congregação

Se você deseja ser um propulsor de ações benéficas. Apenas faça. Seja um facilitador, encontre-se com outras pessoas e faça o bem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.